O tempo não passa

nem voa.

Ele nada,
até afunda,
e de vez em quando tudo.

7 comentários:

gato preto disse...

lindo!
tempo-submarino!
amarelo...
HAHA

-essa ração, talvez seja o que mais tenhamo; o que precisamos, quem sabe, seja comida de verdade- não só comida : diversão e arte !
HAHAHA
que o diga o kama sutra ;x
HAHAHAH

João disse...

E a gente tão dependente dele...

Gabriela M. disse...

o tempo,
é como se fosse uma criança entediada.

periigooo :O

Desirée disse...

Submarino amareloo foi ótimo!
uhahuahuahuahahu
Amo seu blog
=****

Bê Matos disse...

"Tempo, mano velho.. falta um tanto ainda eu sei, pra você correr macio. Tempo amigo, seja legal. Conto contigo, pela madrugada. Só me derrube no final."

me lembrou essa música do pato fu. :)
não me caso de vir aqui. é LINDO!
beijos e risos. :*

Bê Matos disse...

*canso. seria a palavra certa, rs

Michele disse...

só não afunda meu apreço por este blog.