Anatomia da dor.

O meu violão quebrado
no fundo do armário

Não é nada
comparado

ao sofrimento na gaveta guardado

ao desenho da infância
numa caixa, amontoado

ao coração que não late
amordaçado

ao sorriso que não bate
desencantado

o olhar que,
acostumado,
ficou abafado.

Um comentário:

gabriela m. disse...

acho que tudo que acostuma abafa mesmo.


p.s.:
tenho uma (não-indecente) proposta. dá uma olhada em qualquer um dos meus blogs. :P
( mesmo você sendo uma garota ocupada )