Pode ir, pode não voltar.


Não peço que você me ame eternamente,
que não siga em frente,
que eu seja a última pessoa a ter seu coração.

Apenas peço de você,
apenas isto, e nada mais:
Saudades.

Pode me esquecer,
rasgar nossas fotos,
enforcar nossas flores.

Mas sinta saudades do que fomos,
dos sorrisos que sentimos,
do calor que em nossas mãos, juntas, seguramos.

6 comentários:

D disse...

deveras belo.

Jaime disse...

Que lindo Ga.

Atualmente sinto tanta, que os textos que a citam parecem aumentá-la desordenadamente aqui dentro.

Beijos.

Bárbara Farias disse...

Muito lindo.
Gostei do que escreves.
Bjs

sweet.cherry.pie disse...

Nossa Gabi, isso foi perfeito.
Posso pegar pra colocar em orkuts e coisas assins? :D

Nathália von Arcosy disse...

esse doeu.

Ná Candy disse...

oi :)
adorei o texto!
1 beijo